Empréstimo Bolsa Família – Conheça os benefícios e como se inscrever

O Bolsa Família é um dos benefícios mais populares no país e conforme esse projeto foi crescendo, o Governo foi criando novas diretrizes para levar cada vez mais benefícios para a população brasileira e por isso foi criado o empréstimo Bolsa Família.

Além do auxílio do Bolsa Família, as famílias beneficiárias começaram a ter direito a uma linha de crédito, conhecida como microcrédito. O principal objetivo do Governo é ajudar estas famílias a obter uma ampliação da sua renda.

O empréstimo Bolsa Família é destinado para as pessoas que desejam desenvolver um pequeno negócio ou até mesmo melhorar as condições atuais de educação da família ou até mesmo moradia. Neste artigo iremos fornecer todas as informações sobre o empréstimo. Acompanhe!

O que é o empréstimo Bolsa Família

Empréstimo Bolsa Família
Fonte: (Reprodução/Internet)

O auxílio para conseguir fazer o empréstimo Bolsa Família é dado pelo Progredir, um plano de ações do Governo Federal. O público alvo do progredir são as pessoas que estão cadastradas no Cadastro Único, o que inclui todas as pessoas que recebem o benefício do Bolsa Família.

Entre as suas ações, está a parceria com os bancos e instituições financeiras na oferta do microcrédito para os beneficiários do programa. Esses participantes podem ser pessoas que desejam começar a empreender ou os empreendedores.

O progredir coloca em contato direto os operadores de microcrédito que estão dispostos a fornecer este dinheiro com o beneficiário que está em busca de crédito.

Vale ressaltar que o crédito disponível possui uma finalidade totalmente específica e por isso é chamado de “microcrédito produtivo orientado”. Sendo assim, os beneficiários não podem utilizar este dinheiro para suprir as suas despesas pessoais.

Afinal, o que é progredir?

O Progredir desenvolve diversas ações em apoio aos brasileiros que estão em busca de conseguir aumentar a sua renda. Todos os serviços são direcionados para as pessoas que estão em busca de um emprego, deseja melhorar a sua qualificação profissional ou iniciar um novo negócio. Lembrando que para isso, são oferecidos diversos conteúdos gratuitos, como cursos presenciais e a distância.

O maior objetivo do Progredir é ajudar a gerar renda e empregos, incentivando a autonomia de todos os seus clientes. Sendo assim, ele se torna uma ótima opção para as pessoas que estão em busca de conseguir um empréstimo Bolsa Família.

Quem pode solicitar o empréstimo Bolsa Família?

O principal para conseguir este empréstimo é ser um beneficiário do Bolsa Família, estar ativo no Cadastro Único também é de grande importância. Para solicitar o empréstimo Bolsa Família é necessário ser um MEI (Microempreendedor Individual). O MEI nada mais é que uma forma de ser empreendedor.

O MEI está no Portal do Empreendedor e é um cadastro jurídico, onde todos os direitos de um empresário são incluídos, como direitos trabalhistas, criação de um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e pagamentos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Taxas e limites do empréstimo Bolsa Família

Quando o assunto é taxas de juros, cada banco possui a sua própria regra, mas no caso da Caixa Econômica Federal os juros são: 3,3% ao mês e mais o imposto sobre operações financeiras. Além disso, também é cobrado 3% sobre o valor do contrato para a TAC (Taxa de Abertura de Crédito).

Antes de contratar qualquer linha de crédito, é essencial considerar todos os juros que estão envolvidos neste processo. No empréstimo Bolsa Família, a taxa de juros pode variar bastante, já que ela é definida de acordo com o perfil de cada um dos beneficiários. Na maioria das vezes os valores variam de acordo com:

  • O salário mensal;
  • O valor que foi solicitado para o empréstimo;
  • Número total de parcelas.

Geralmente o valor disponibilizado por este tipo de empréstimo não é tão alto, portanto as taxas de juros costumam ser bem baixas também. Anteriormente já demos o exemplo da Caixa Econômica Federal, mas o valor pode ser bem diferente para cada um dos bancos que possuem parceria com o empréstimo Bolsa Família.

O limite do empréstimo também pode mudar bastante de cliente para cliente. O limite máximo disponibilizado é R$15 mil reais, portanto os beneficiários podem solicitar qualquer quantia que estiver dentro deste valor.

Como solicitar o empréstimo

O primeiro passo para conseguir ter acesso ao empréstimo Bolsa Família é estar cadastrado no site do Progredir. O candidato pode realizar o seu cadastro por conta própria ou também pode solicitar ajuda no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social). Lembrando que nesta página, será necessário informar os dados pessoais, incluindo o número no programa Bolsa Família.

No questionário que está disponível no sistema, acesse a categoria “Empreendedorismo, Microcrédito” e informe se você já possui um negócio ou está em busca de abrir um, podendo ser formal ou informal. Para aqueles que querem formalizar o serviço, o mais orientado é a criação de um CNPJ na categoria MEI.

Alguns critérios são analisados, como familiares beneficiários do programa, renda, score de crédito, situação atual do CPF e o potencial do empreendimento. Essa análise é muito importante para saber se o candidato realmente possui perfil para obter o empréstimo Bolsa Família.

A Caixa Econômica Federal é um dos principais bancos que realizam esse tipo de serviço, por isso é necessário entrar em contato com o banco caso apareça alguma dúvida sobre este assunto. Para saber qual é a agência mais próxima da sua região, basta clicar aqui.